04 Nov

“O Corredor de Nacala no I.S.T.”

Segunda-Feira, dia 9 de Novembro, às 18:30

Na próxima Segunda-Feira, dia 9 de Novembro, às 18:30, em sala a anunciar, não podes perder a conferência que preparámos para ti!

Terás a possibilidade de ouvir o Engº João Neto, Contract Manager da obra que a Mota-Engil executou no âmbito do Projecto Ferroviário do Corredor de Nacala.

Clica aqui e Inscreve-te já!

Corredor de Nacala

O Grupo Mota-Engil África ficou encarregue de duas secções do projeto ferroviário do Corredor de Nacala, infraestrutura significativa que ligará a mina de carvão de Moatize, na província de Tete, em Moçambique, através de Malawi, para o Porto de Nacala, em Moçambique.

A secção 3 inicia-se na fronteira Oeste de Moçambique até a Nkaya, atravessando um terreno de orografia muito exigente e difícil, decorrendo em perfil misto e com escavações e aterros de grande dimensão. Das 22 pontes da obra, metade estão concentradas em 30 quilómetros da extensão e dos cerca de 7 milhões de movimentos de terras, 1 milhão está concentrado em apenas 5 quilómetros onde foi necessário ainda aplicar quase 100% dos 200 quilómetros de pregagens previstos no projeto para instalar nos taludes de escavação.

“Em pouco mais de dois anos construímos uma linha férrea com 140 quilómetros, com 22 pontes, 7 milhões de m3 de escavação e outro tanto de aterro, onde trabalharam em pico cerca de 5.000 pessoas, mais de 500 máquinas pesadas, quase 300 veículos ligeiros, sem um único acidente mortal envolvendo um trabalhador”

Engº João Neto

 O Engº João Neto, ingressou na Mota-Engil em 1999, acompanhou desde Fevereiro de 2011 o projecto, contribuindo inicialmente para a elaboração da proposta e posteriormente acompanhando no terreno o projecto de construção do Corredor de Nacala, tendo uma ligação directa às diversas equipas e ao trabalho que foi sendo desenvolvido em cada quilómetro de ferrovia. Formou-se em Engenharia Civil no Instituto Superior Técnico, fez uma pós-graduação em Engenharia de Estradas na Universidad Complutense de Madrid e concluiu o Advanced Management Programme Qualification da AESE – Escola de Direcção de Negócios.

Nesta conferência terás a oportunidade de conhecer a perspectiva de quem acompanhou de muito perto todos os âmbitos de uma obra tão complexa em que participaram todas as áreas específicas da empresa: Betões, Pré-fabricados, Ferrovias, Fundações Especiais, Geotecnia, área comercial de África, gestão do projeto, Takargo, Qualidade e Segurança, área de agregados e área técnica.

MAIS DOCUMENTOS SOBRE A CONFERÊNCIA:

CORREDOR DE NACALA UM MARCO NA HISTÓRIA DA MOTA-ENGIL

Vídeo: Corredor de Nacala – Malawi | Mota-Engil

Segunda-Feira, dia 9 de Novembro, às 18:30!

Inscreve-te já!

© Fórum Civil 2015