A visita ao Aqueduto das Águas Livre, no dia 10 de Março, às 14h30, será uma oportunidade única para conhecer de perto o vasto sistema de captação e transporte de água, por via gravítica, construído entre 1731 e 1799. Classificado com Monumento Nacional desde 1910 é considerado uma obra notável da engenharia hidráulica. Este monumento, que resistiu de terramoto de 1755, é composto por um troço de 14km de extensão com início na Mãe D’Água Velha, em Belas, e final no reservatório da Mãe D’Água das Amoreiras, em Lisboa.

Inscreve-te aqui!

Nesta visita temos a oportunidade visitar o Reservatório da Mãe D’Água que, tal como o nome indica, funcionava como o reservatório das águas que eram transportadas pelo aqueduto. Trata-se de um espaço amplo, luzente e unificado, sugerindo o seu interior a planta de uma igreja estilo Salão, propondo a sacralidade do espaço.

Este evento tem uma capacidade máxima de 56 pessoas. Aqueles que participarem poderão optar por se encontrar com os restantes participantes

i) às 14:15  junto Calçada da Quintinha nº6, Campolide

ii) às 13h15 junto ao Pavilhão de Civil.

Para confirmares a tua presença na visita passa no Fórum Civil (v0.19). A visita tem um custo de 2€ para não sócio, no entanto, todos têm de pagar uma caução de 2€ que será devolvida no dia da visita. Ou seja, para confirmar a inscrição terão de pagar inicialmente 2€ sócio e 4€ não sócio.

Os sócios têm prioridade em todas as visitas!